29 de dez de 2013

A verdadeira face do Tanque Betesda

Amados irmãos de todo o mundo, o Senhor Jesus Cristo tem me tocado em compartilhar o que recebi e por isso mais uma vez estou escrevendo. Dessa vez para falar o que Jesus revelou quando esteve no tanque Betesda.
 
João capítulo 5 versículo 1 a 9 diz assim: Depois disto, havia uma festa entre os judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque chamado em hebreu Betesda, o qual tem 5 alpendres. Nestes jaziam grande multidão enfermos, cegos, mancos, e ressicados, esperando o movimento das águas. Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque e agitava a água, e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água ficava curado, sarava de qualquer enfermidade que tivesse.
E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo. E Jesus vendo este deitado e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são? O enfermo respondeu: Senhor, não tenho homem algum que quando a água á agitada, me ponha no tanque; mas enquanto eu vou, desce outro antes de mim.
Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma a tua cama e anda. Logo aquele homem ficou são, e tomou a sua cama, e partiu. E aquele dia era sábado.
 
Então, como a Bíblia conta era um lugar onde haviam muitos doentes ao redor de um tanque, nesse tanque de certo tempo descia um anjo e agitava a água, assim o primeiro a descer ficava curado. 
 
Quero chamar a atenção ao que Cristo fez naquele lugar. Cristo sabia que um homem estava lá havia 38 anos, este homem tinha uma doença muito grave que o debilitava de qualquer movimento, portanto sempre que a água era agitada não podia ser o primeiro a cair nela. Jesus então com misericórdia foi até aquele homem que viveu 38 anos da sua vida aprisionado à uma doença, aprisionado a um sistema de escravidão enquanto esperava a cura pelo anjo que só beneficiava uma pessoa por vez, ou seja, o mais rápido que mergulhasse.
 
Se Cristo não chegasse naquele lugar e tivesse misericórdia daquele homem, certamente esse paralítico teria morrido esperando a cura. Isso me faz pensar que aquele homem estava sentenciado à morte esperando pelo anjo no tanque Betesda.
 
Por que Cristo operou este milagre? Aquele homem não sabia quem era Jesus. Aquele homem não esperava o messias, não posso nem ao menos dizer que aquele homem cria no Senhor Jesus Cristo como Salvador. Mas Cristo operou este milagre porque Ele é libertador e porque essa mensagem até hoje é lida em todo o mundo, e todo aquele que estiver em prisão como aquele homem esteve pode ser liberto por Cristo.
 
Vamos pensar nos critérios usados. De um lado o anjo e o tanque, onde quem tivesse uma gripe poderia sair curado mais facilmente do que aquele que tivesse paralisia, pois um enfermo de gripe chegaria às águas primeiro que o paralítico. Do outro lado Cristo que conhecia o sofrimento daquele homem, foi diretamente nele para o curar. Qual dos dois lhe parece mais justo?
 
Muitos estão a espera do milagre que o anjo trás, por isso permanecem em prisão. Cristo usa de misericórdia diferentemente dos anjos. Exatamente por isso temos que colocar nosso foco em Cristo e deixar essa veneração por anjos que tem ocorrido dentro das igrejas atualmente. Paulo nos mostra em 2 Coríntios  capítulo 11 versículo 14 que podemos facilmente ser enganados seguindo anjos, veja o que diz o versículo: E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Por isso eu digo, não fique à mercê das enganações do diabo metendo-se em jugo de prisões que ele traz, olhe para Jesus Cristo o único Libertador.
 
João capítulo 8 versículo 36: Se pois o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.
 
Que a graça, o amor e a misericórdia que há em Cristo possa ser derramado sobre sua vida e da sua família. Amém.
 
*** Caso haja interesse em saber mais sobre os anjos deixe seu recado abaixo com dados, estarei enviando um material mais completo.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigo(a) do blog, deixe seu comentário

Amigo(a) do blog, deixe seu comentário